Izabella Pavesi

Poesias iluminadas/ Versos / Contos / Crônicas / E-books e Fotografias

Textos


Meus olhos espelhados


Espelhei-me no lago escuro, insondável.
Ali, onde lendas românticas se calaram,
Vi teu rosto... a sorrir-me... enigmático.
Aquele riso estampado, satisfeito da vida,
Abundantemente prazeroso e folgado.

Cristalizei no tempo, meu ancoradouro,
A tua imagem... de intrépido sedutor,
Teu semblante idílico, galanteio e lisonjas.
Meus olhos filosóficos anunciavam:
São apenas ondulações, reflexos de amor.

Procurei em meu coração, destemido,
Nossas noites, nossos beijos, teus abraços.
Em meio às névoas da minha memória,
No lago da felicidade, os perceptíveis elos,
Que um dia nos uniram em perfeita sintonia.

Espelhei-me no lago, e te vi, vislumbre efêmero!
E emergiu teu cheiro de almíscar e vetiver.
Flutuaram teus lábios contidos de prazer...
Apenas mais um toque na água... a miragem,
E os fragmentos buliçosos de nossa paixão.



______________________________________________
                                                                   imagem: Internet

Izabella Pavesi
Enviado por Izabella Pavesi em 23/10/2010
Alterado em 01/06/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras