Izabella Pavesi

Poesias iluminadas/ Versos / Contos / Crônicas / E-books e Fotografias

Textos



Verão escaldante!

Tudo arde nesse verão!
Muito solo já está seco,
Esturricou!...

Pela vidraça andorinhas planam,
Bem-te-vis lindos!... fazem curvas,
Sabiás gorjeiam... pedindo chuva,
E desenham círculos apressados,
Vão-se... e volteiam pelos céus.

No ônibus apinhado de gente suada
Meu suor escorre...
Febril anseio por brisas.
Na rua nua sem flâmulas,
A calçada queima as havaianas.

O mar quieto buliça empertigado
Banhistas mergulham de cabeça.
Gaivotas desfilam alvoroçadas,
O sol as doura... e elas piam...
Que estação!... quente demais!

No horizonte... nem sombra nebulosa,
O astro rei escaldante não se retira,
Vem dia e outro vai... vem noite,
Sem ventos... fogueiras ardem.

Ardentes raios... sol a pino...
Bronzeadas peles, poros em chamas,
Brisa fresca... quem me dera!

__________________31.01.2016___________________

IZABELLA PAVESI
_________________________________
foto: Izabella Pavesi

 
Izabella Pavesi
Enviado por Izabella Pavesi em 11/02/2014
Alterado em 12/01/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras