Izabella Pavesi

Poesias iluminadas/ Versos / Contos / Crônicas / E-books e Fotografias

Textos


A mulher escondida


Sentada no bruto suporte, ela foge...
Entre um vagão e outro do trem,
o esconderijo.
Envolta em vestes
Que marcam sua condição (mulher).
Seu olhar é temor,
Seu rosto abnegação!
Sua expressão: pavor!
O fotógrafo a achou ali...
Entre a paisagem passageira,
Entre os ferros e as vigas rudes,
Descalça...
Pés sofridos, unhas rotas,
Bela e humilde, sem adornos.
O que será dela?
Vão aceitá-la de volta ao lar?
Terá alguém que a ampare?
Vão apedrejá-la, como fazem alguns
dessa dita religião?
Terá se livrado de insolentes homens?!
Mulheres vítimas sobram!
O mundo gira assim...
Nesse planeta onde não achamos saída,
muitas vezes...
O caos é lugar comum,
Discriminação, humilhação.
Céus!... Deem-lhe a liberdade!
Senhor do Universo: compaixão!

______________________________________________

                                        IZABELLA PAVESI
___________________________________________

                                             ​imagem: internet
Izabella Pavesi
Enviado por Izabella Pavesi em 23/01/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras