Izabella Pavesi

Poesias iluminadas/ Versos / Contos / Crônicas / E-books e Fotografias

Textos



Viajante


       Satisfiz minha curiosidade,
       Consumi um bom bocado do
       Suprasumo delicioso da vida,
       Do cálice borbulhante do bem viver.

Os trens, as praças, os pores do sol,
Os frappés e os Chianti dell’Emilia,
As noites azuladas do velho mundo,
Tudo é encanto pra olhares curiosos,
Tudo são faíscas em mentes vivazes.

Nós, viajantes ávidos de vida,
Bebemos da água de fontes seculares,
Encantamo-nos com poetas e bailarinas
Pelos calçamentos, e em cada lance,
No impulso de abarcar a eternidade.

A vida, em frenesi, voa rapidinho
Pelas janelas dos trens e bondes...
Fontes, estátuas, portas milenares,
Descortinaram-se diante nós,
Com a história viva a nossos pés.

Saudamos o sol, a lua, os céus!
Os amigos, os bonecos de neve,
Os cafés, as bebedeiras, os chops!
Contagiados abraçamo-nos sorridentes,
Maravilhamo-nos em mágicas avenidas.

Enfim, tudo foi êxtase e extasiante
Em jornadas cultas e surpreendentes,
Quando saboreei, não mais que,
Meio décimo desse Universo,...
Em aventuras e voos memoráveis.


_____________________________________________

                                                                      
Izabella Pavesi
_____________________________________________
                                                                     foto: arquivo pessoal
Izabella Pavesi
Enviado por Izabella Pavesi em 19/08/2012
Alterado em 03/12/2014
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras